Contato:   +55 (11) 94557.1298

equipamentos de tratamento de ar comprimido

Qual é a importância do Tratamento do Ar Comprimido?

O ar comprimido é uma fonte de energia segura e confiável que é amplamente utilizada em toda a indústria. Mas ao contrário de gás, água e eletricidade, o ar comprimido é gerado pelo próprio usuário. É de sua responsabilidade a qualidade do ar e os custos operacionais.

Aproximadamente 90% de todas as empresas usam ar comprimido em algum aspecto de suas operações.

Para obter o ar comprimido necessitamos de um compressor de ar, que basicamente converte o ar atmosférico em ar comprimido, de acordo com a pressão desejada para seu uso.


 

Quais são os contaminantes do Ar Comprimido?

O ar atmosférico possui alguns contaminantes. Dependendo do local da instalação do compressor, como por exemplo, em uma empresa que movimenta matéria prima em pó, como areia ou farinha, podemos ter uma grande quantidade de particulado.

Dentre os tipos de compressores que temos no mercado, muitos são lubrificados a óleo o que contamina o ar comprimido.

Quando o compressor admite o ar atmosférico para compressão, ele também está admitindo a umidade (água na forma de vapor) presente neste ar, que pode variar de acordo com o clima.

Depois de passar pelo compressor a concentração de contaminantes aumenta e, por isso, atrapalham o bom uso dos dispositivos pneumáticos, de válvulas cilindros, da pintura a pó entre outros.

Material Particulado

Presente também em ambientes industriais, pode alcançar 140 milhões por metro cúbico, sendo que 80% das partículas são menores que 2 micra, o que dificulta muito sua captura pelo elemento filtrante existente na admissão dos compressores de ar.

Óleo

A maioria dos compressores de ar utiliza óleo no estágio de compressão, para vedar, lubrificar e resfriar. Durante a operação, o óleo lubrificante degradado é transportado para a linha, atingindo o sistema de tratamento de ar comprimido.

Água

A água condensada e os aerossóis de água corroem o sistema de armazenamento e distribuição do ar comprimido, danificando equipamentos e o produto final. Também reduzem a eficiência da produção e aumentam os custos de manutenção. A água em qualquer estado precisa ser removida para o sistema funcionar de forma perfeita.

A mistura desses contaminantes resulta em uma emulsão ácida que causa danos ao sistema de armazenamento, à distribuição do ar comprimido, aos equipamentos e ao produto final.



Quais os benefícios do Tratamento do Ar Comprimido?

Custos de manutenção

Produtividade

Vida útil para as máquinas, dispositivos pneumáticos

RETORNO GARANTIDO DO INVESTIMENTO


São muitos os benefícios do tratamento correto do ar comprimido, entre eles:

  • Aumento da produtividade com diminuição de horas de máquinas paradas
  • Redução dos custos de manutenção
  • Prolongamento da vida útil das máquinas e dispositivos pneumáticos
  • Proteção das ferramentas pneumáticas
  • Garantia de precisão dos equipamentos de medição e instrumentação
  • Excelente acabamento em pintura a pó,
  • Não contaminação de produtos alimentícios e farmacêuticos
 

No entanto, o ar comprimido não tratado pode causar problemas de desempenho e confiabilidade em qualquer processo industrial, uma vez que pode estar associado diretamente com a contaminação.

 

Siga, Curta, Compartilhe!