Contato:   +55 (11) 94557.1298

 
equipamentos para o tratamento de ar comprimido

Qual é a importância do Tratamento do Ar Comprimido?

O ar comprimido é uma fonte de energia segura e confiável, amplamente utilizada em toda a indústria. Mas, ao contrário de gás, água e eletricidade, ele é gerado pelo próprio usuário. É de sua responsabilidade a qualidade do ar e os custos operacionais

Aproximadamente 90% de todas as empresas usam ar comprimido em algum aspecto de suas operações.

Para obter o ar comprimido necessitamos de um compressor de ar, que basicamente converte o ar atmosférico em ar comprimido de acordo com a pressão desejada para seu uso.


 

Quais são os contaminantes do Ar Comprimido?

O ar atmosférico possui alguns contaminantes dependendo do local da instalação do compressor.

Por exemplo: em uma empresa que movimenta matéria prima em pó, como areia ou farinha, podemos ter uma grande quantidade de particulado.

Dentre os tipos de compressores existentes no mercado, muitos são lubrificados a óleo, o que contamina o ar comprimido.

Quando o compressor admite o ar atmosférico para compressão admite também a umidade (água na forma de vapor) presente no ar, que pode variar de acordo com o clima.

Depois de passar pelo compressor a concentração de contaminantes aumenta e, por isso, atrapalham o bom uso dos dispositivos pneumáticos, de válvulas cilindros, da pintura a pó entre outros.

Material Particulado

Presente também em ambientes industriais, o material particulado pode alcançar 140 milhões por metro cúbico, sendo que 80% das partículas são menores que 2 micra, o que dificulta muito sua captura pelo elemento filtrante existente na admissão dos compressores de ar.

Se quiser saber mais sobre o que é o material particulado e qual a melhor maneira de eliminá-lo do ar comprimido, leia nosso post  Como eliminar o particulado?

Óleo

A maioria dos compressores de ar utiliza óleo para vedar, lubrificar e resfriar no estágio de compressão. O óleo lubrificante degradado é transportado para a linha durante a operação atingindo o sistema de tratamento de ar comprimido.

Saiba como eliminar o óleo no nosso post sobre Contaminante 2: Óleo.

Água

A água condensada e os aerossóis de água corroem o sistema de armazenamento e distribuição do ar comprimido, danificando equipamentos e o produto final. Também reduzem a eficiência da produção e aumentam os custos de manutenção. A água em qualquer estado precisa ser removida para o sistema funcionar de forma perfeita.
Entenda de onde vem essa água?

A mistura desses contaminantes resulta em uma emulsão ácida que causa danos ao sistema de armazenamento, à distribuição do ar comprimido, aos equipamentos e ao produto final.



Quais os benefícios do Tratamento do Ar Comprimido?

 

Custos de manutenção

 

+ Produtividade

 

+ Vida útil para as máquinas, dispositivos pneumáticos

 

RETORNO GARANTIDO DO INVESTIMENTO

 

São muitos os benefícios do tratamento correto do ar comprimido:

  • Aumento da produtividade com a diminuição de horas de máquinas paradas
  • Redução dos custos de manutenção
  • Prolongamento da vida útil das máquinas e dispositivos pneumáticos
  • Proteção das ferramentas pneumáticas
  • Garantia de precisão dos equipamentos de medição e instrumentação
  • Excelente acabamento em pintura a pó
  • Não contaminação de produtos alimentícios e farmacêuticos
 

No entanto, o ar comprimido não tratado pode causar problemas de desempenho e confiabilidade em qualquer processo industrial, uma vez que pode estar associado diretamente com a contaminação.

Siga, Curta, Compartilhe!